NOVAS TECNOLOGIAS E A PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES LABORAIS

Palavras-chave: Tecnologia. Precarização. Relações Laborais. Plataformas Digitais. Globalização.

Resumo

O trabalho objetiva discutir a mudança paradigmática ocasionada nas relações laborais pelo uso das novas tecnologias. Sob o enfoque da precarização das relações de trabalho, o presente texto se propõe a analisar, por meio de um estudo teórico-normativo, os reflexos da globalização e da dinâmica expansionista no mercado de trabalho. Para tanto, utilizou-se o método jurídico-dedutivo, baseado em pesquisa bibliográfica e normativa, para analisar se o uso da tecnologia contribui para a precarização das condições de trabalho. Ao final, defende-se a adaptação da legislação às novas relações de trabalho, constituídas através das plataformas virtuais, como condição indispensável para o respeito à dignidade do trabalhador.

Biografia do Autor

Vanessa Rocha Ferreira, CESUPA

Doutora em Direitos Humanos pela Universidade de Salamanca (Espanha). Mestre em Direitos Fundamentais pela Universidade da Amazônia (UNAMA/PA). Professora do Curso de Direito do Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA). Líder do Grupo de Pesquisa: Trabalho Decente do CESUPA, com registro no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Auditora do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE/PA).

Allan Gomes Moreira, CESUPA

Mestre em Direito, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional pelo Centro Universitário do Pará (CESUPA). Pós-graduado em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ). Coordenador-Assistente e Professor do Curso de Direito do CESUPA. Professor-pesquisador do Grupo de Pesquisa em Trabalho Decente, do CESUPA, com registro no Diretório do CNPq. Ex-Presidente do IGPREV/PA. Advogado.

Publicado
2021-01-04
Como Citar
FerreiraV. R.; MoreiraA. G. NOVAS TECNOLOGIAS E A PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES LABORAIS. REVISTA DA AGU, v. 20, n. 01, 4 jan. 2021.
Seção
Artigos