ODR PREVIDENCIÁRIA

  • Fernanda Suriani Advocacia-Geral da União
Palavras-chave: processo civil, acesso à justiça, transformação digital, solução consensual de controvérsia, ODR

Resumo

O presente artigo trata da possibilidade de se instituir uma plataforma de resolução online de conflitos previdenciários, ou seja, uma ODR Previdenciária. Para tanto, parte-se da revisão bibliográfica e do estudo de dados secundários utilizando-se de fontes empíricas e legislativas visando verificar as vantagens e os desafios da ODR previdenciária para o sistema de justiça. Na primeira parte do trabalho, aborda-se os avanços trazidos pelas ODRs como instrumento de ampliação de acesso à justiça. Em seguida, será tratado o contexto normativo e doutrinário que envolve a solução consensual de conflitos pela Advocacia Pública, bem como os avanços tecnológicos na gestão do contencioso pela Advocacia-Geral da União – AGU. Por fim, serão analisadas as características da litigiosidade previdenciária e os elementos necessários para a instituição de uma ODR previdenciária eficaz.

Biografia do Autor

Fernanda Suriani, Advocacia-Geral da União

Doutora em Direito Processual Civil pela USP. Mestre em Direito pela Universidade de Edimburgo. Procuradora Federal

Referências

AMSLER, Lisa; MARTINEZ, Janet; SMITH, Stephanie. Dispute System Design. Stanford University Press, 2020. [Kindle Edition]).

ARBIX, Daniel do Amaral. Resolução online de controvérsias. São Paulo: Intelecto, 2017.

BRASIL. Conselho Nacional de Justiça. Justiça em números: 2021. Brasília, 2021. Disponível em: https://www.cnj.jus.br/pesquisas-judiciarias/justica-em-numeros. Acesso em: 11 fevereiro 2022.

BRASIL. Conselho Nacional de Justiça. Painéis Interativos: Justiça em números. Brasília, 2021. Disponível em: https://www.cnj.jus.br/pesquisas-judiciarias/justica-em-num https://paineis.cnj.jus.br/QvAJAXZfc/opendoc.htmdocument=qvw_l%2FPainelCNJ.qvw&host=QVS%40neodimio0&anonymous=true&sheet=shResumoDespFT. Acesso em: 11 fevereiro 2022.

BRASIL. Instituto Nacional do Seguro Social - Boletim Estatístico da Previdência Social, Janeiro 2022, vol. 27, número 1, disponível em: https://www.gov.br/previdencia/pt-br/acesso-a-informacao/dadosabertos/previdencia-social-regime-geral-inss/dados-abertos-previdencia-social, acessado em 12/02/2022.

BRASIL. Justiça Federal, Conselho da Justiça Federal; Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA. Acesso à Justiça Federal: dez anos de juizados especiais. Brasília: CJF, 2012, p. 101. [Série “Pesquisas do CEJ”, n. 14].

Disponível em: http://jf.gov.br/cjf/corregedoria-da-justica-federal/centro-de-estudos-judiciarios-1/publicacoes-1/pesquisas-do-cej/acesso-a-justica-federal-dez-anos-de-juizados-especiais. Acesso em: 22 out. 2020.P. 101

BRASIL. Procuradoria-Geral Federal – PGF em Números, painel disponível em https://www.gov.br/agu/ptbr/composicao/procuradoria-geral-federal-1/arquivos/PGFemnumeros2019pdf.pdf, acessado em 12/02/2022.

CURY, César. Um modelo transdisciplinar de solução de conflitos: direito e tecnologia no processo de recuperação judicial no leading case OI S/A. In: NUNES, Dierle; LUCON, Paulo Henrique dos Santos; WOLKART, Erik Navarro (coord.). Inteligência artificial e direito processual: os impactos da virada tecnológica no direito processual. Salvador: JusPodivm, 2020, p. 83-104.

INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA – INSPER. A judicialização de benefícios previdenciários e assistenciais. Brasília: CNJ, 2020. Disponível em: https://www.cnj.jus.br/wp-content/uploads/2020/10/Relatorio-Final-INSPER_2020-10-09.pdf. Acesso em: 27 abr. 2021.

KATSH, Ethan; RABINOVICH-EINY, Orna. Digital Justice: Technology and the Internet of Disputes. Oxford: Oxford University Press, 2017.

______; RIFKIN, Janet. Online Dispute Resolution: resolving conflicts in cyberspace, San Francisco: Jossey-bass, 2001.

PALMA, Juliana Bonacorsi de. A consensualidade na administração pública e seu controle judicial. In: GABBAY, Daniela e TAKAHASHI, Bruno (org.), Justiça Federal: inovações nos mecanismos consensuais de solução de conflitos, Brasília: Gazeta Jurídica, 2014, pp. 143-188.

RULE, Colin; KATSH, Ethan. What We Know and Need to Know About Online Dispute Resolution. South Carolina Law Review, v. 67, p. 329- 344, 2016.

SANDER, Frank E. A.; GOLDBERG, Stephen B. Fitting the Forum to the Fuss: A User-Friendly Guide to Selecting an ADR Procedure. Negotiation Journal. HeinOnline, v. 10, n. 1, p. 49-68, jan.1994.

SUSSKIND, Richard. Online Courts and the Future of Justice. OUP Oxford, 2019. [Kindle Edition].

WATANABE, Kazuo. Acesso à ordem jurídica justa: conceito atualizado de acesso à justiça, processos coletivos e outros estudos. Belo Horizonte: Del Rey, 2019.

Publicado
2022-06-30
Como Citar
SurianiF. ODR PREVIDENCIÁRIA. REVISTA DA AGU, v. 21, n. 03, 30 jun. 2022.
Seção
Dossiê | Meios adequados de solução de conflitos envolvendo entes públicos