O DIREITO FUNDAMENTAL À RAZOÁVEL DURAÇÃO DO PROCESSO CIVIL

  • Juliana de Maria Pereira

Resumo

O presente artigo visa à análise das legislações cujo objetivo

é garantir o direito ao princípio da duração razoável do processo e,

por consequência, da dignidade humana, por meio de uma evolução

comparativa entre os Códigos de Processo Civil – CPC de 1973 e 2015,

assim como pelo estudo do caso italiano.

Referências

AT OS NORMATIV OS DA ADV OCACIA -GERAL DA UNIÃ O. Advocacia-

Geral da União.

BAR ONE , Regina. Mediação. Apresentação no Curso “O Processo civil

contemporâneo: estudos comparados Itália Brasil.”

BONICI O, Marcelo José Magalhães. Princípios do processo no novo Código de

Processo Civil. São Paulo: Saraiva, 2016.

BRASIL . Constituição Federal, de 05 de outubro de 1988.

BRASIL . Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973.

BRASIL . Lei nº 7.437, de 20 de dezembro de 1985.

BRASIL . Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990.

BRASIL . Lei nº 11.276, de 07 de fevereiro de 2006.

BRASIL . Lei nº 11.277, de 07 de fevereiro de 2006.

Publicações da Escola da AGU

BRASIL . Lei nº 13.105, de 16 de março de 2015.

BRASIL . Lei nº 13.256, de 04 de fevereiro de 2016.

CINTRA , Antônio Carlos de Araújo. GRIN OVER , Ada Pellegrni. DINAMRC O,

Cândido Rangel. Teoria Geral do Processo. 26ª edição. – São Paulo: Malheiros, 2010.

CONVENÇÃ O AMERICANA SOBRE DIREIT OS HUMAN OS. Assinada na

Conferência Especializada Interamericana sobre Direitos Humanos, San José,

Costa Rica, em 22 de novembro de 1969.

CONVENÇÃ O EUR OPÉIA DOS DIREIT OS DO HOMEM . Roma, Itália, 04

de novembro de 1950.

DONIZETTI , Elpídio. Novo Código de Processo Civil comentado . 2. ed. revist

atualizada e ampliada. São Paulo: Atlas, 2017.

DIDIER JR. Fredie. Coleção Repercussões do Novo CPC. Coordenação geral.

Salvador: Juspodivm, 2015.

Fattore “tempo” e diritti fondamentali. Cassazione e Corte EDU a Confronto.

Roma. Itália.

ITÁLIA . Costituzione della Repubblica Italiana, de 27 de dezembro de 1947.

ITÁLIA . Legge Pinto (n. 89), de 24 de março de 2001.

LENZA , Pedro. Direito constitucional esquematizado. 17. ed. rev. atualizada e

ampliada, São Paulo: Saraiva, 2013.

MAUS , Ingebord. Tradução do alemão: Martonio Lima e Paulo Albuquerque.

Judiciário como Superego da Sociedade. O Papel da Atividade Jurisprudencial

na “Sociedade órfã”. Disponível em: <http://www.direitocontemporaneo.com/

wp-content/uploads/2014/02/JUDICI %C3%81RI O-COMO-SUPERE GO-DA -

SOCIEDADE .pdf>. Acesso em: 17 jan. 2017.

O Processo civil contemporâneo: estudos comparados Itália Brasil. Roma. Itália, 2016.

Os cem maiores litigantes. Conselho Nacional da Justiça.

Juliana de Maria Pereira 227

SARLET , Ingo Wolfgang. Dignidade da Pessoa Humana e Direitos Fundamentais

na Constituição Federal de 1988. 5. ed. revista atualiazada. Porto Alegre: Livraria

do Advogado. Ed., 2007.

SE HEN K, Leonardo Faria. Breve relato histórico das reformas processuais na

Itália. Um problema constante: a lentidão dos processos cíveis. Disponível em:

<http://www.arcos.org.br/periodicos/revista-eletronica-de-direito-processual/

volume-ii/breve-relato-historico-das-reformas-processuais-na-italia-umproblema-

constante-a-lentidao-dos-processos-civeis#topo>. Acesso em: 13

jan. 2017.

SICA . Heitor Vitor Mendonça. Linhas Fundamentais do Novo Código de Processo

Civil Brasileiro. Publicações da Escola da AGU: Sistemi Processuali a Confronto:

Il Nuovo Codice di Procedura Civile Del Brasile tratradizione e rinnovamento

– Escola da Advocacia-Geral da União Ministro Victor Nunes Leal – volume 8,

n. 1, jan/mar. 2016, p. 140/141.

WAM BIER , Teresa Arruda Alvim, CONCEIÇÃ O, Maria Lúcia Lins, RI BEIR O,

Leonardo Feres da Silva, MELL O, Rogério Licastro Torres de . Primeiros

Comentários ao Novo Código de Processo Civil: artigo por artigo. 2. ed. rev. atual.

e ampl. – São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016, págs. 77/80.

WELSC H, Gisele Mazzoni. A Razoável Duração do Processo (art. 5º, LXXVIII

da CF/88) como Garantia Constitucional. Disponível em: <http://www.tex.pro.

br/home/artigos/64-artigos-jun-2008/5939-a-razoavel-duracao-do-processoart-

o-lxxviii-da-cf88-como-garantia-constitucional>. Acesso em: 22 jan. 2017.

Publicado
2017-06-29
Seção
ARTIGOS