MORADIA PARA A POPULAĒĆO EM SITUAĒĆO DE RUA: DIREITO, MERCADORIA OU NEGAĒĆO DE EXISTŹNCIA?

  • Ana Paula Santos Diniz

Resumo

O presente artigo versa sobre o direito moradia para a populao em situao de rua. O objetivo consiste em analisar a quest da moradia como condicionante para o reconhecimento de existcia desse grupo populacional enquanto sujeito de direitos, perpassando criticamente pela compreens da moradia como direito e mercadoria. Esta problemica foi pensada devido ao processo de invisibilizao que as pessoas em situao de rua est submetidas, tanto perante a sociedade, o mercado e o poder plico. A delimitao temporal a atual conjuntura polico-econica neoliberal na qual predomina o capitalismo financeiro. A pesquisa considerou as policas plicas de habitao em vigor no Brasil

Biografia do Autor

Ana Paula Santos Diniz

Doutoranda em Filosofia pela Universidade de Barcelona, Departamento de Cidadania e Direitos Humanos. Mestre em Direito pela Fundao Universidade de Itaa. Professora na Universidade Estadual de Minas Gerais, Unidade Cldio, MG

Publicado
2019-12-19
EdiĆ§Ć£o
SeĆ§Ć£o
ARTIGOS